ACONTECE SOPESP

Home   /   Project   /   SOPESP inaugura nova sede e lança seu 1º Anuário

SOPESP inaugura nova sede e lança seu 1º Anuário

O Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (SOPESP) inaugurou no dia 21 de junho, sua nova sede em modernas instalações no edifício Tribuna Square, um prédio contemporâneo no centro comercial de Santos.

Mas as mudanças não param por aí. O SOPESP inicia uma gestão mais proativa na relação com as empresas associadas e, destas, nas ações com os players do mercado, tanto no setor público como nas entidades privadas. Todas estas novidades vêm acompanhadas por um produto de alta qualidade e de apurada pesquisa – o Anuário dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo, 2017, totalmente voltado ao SOPESP e aos seus associados.

O Anuário, idealizado em debates entre os membros do Conselho Diretor da atual gestão do SOPESP, 2015-2017, mostra a grandeza desta entidade do setor portuário que abrange os portos de Santos e de São Sebastião. O objetivo do lançamento desta primeira edição do Anuário foi revelar a intenção de estar plenamente conectado ao desenvolvimento econômico da região e do País, acompanhando de perto a expansão do mercado, influenciando no crescimento e reivindicando melhorias estratégicas para tornar os portos em que atua do dinamismo necessário em benefício da melhor produtividade e resultados positivos para a balança comercial do Brasil.

Exemplos de grandeza não faltam nas 132 páginas do Anuário. São 62 empresas de Operadores Portuários que atuam no complexo portuário do Estado, responsáveis por mais de 10 mil empregos diretos e por R$ 577 milhões de massa salarial. O volume de cargas nos portos atingiu 158 milhões de toneladas em 2016, o que representa 15,9% da movimentação portuária nacional, gerando receitas de U$ 95,9 bilhões e a participação em 29,7% na balança comercial brasileira.

São alguns dos números estatísticos e valores que compõem o Anuário do SOPESP, entre outras informações importantes para o mercado como perfil dos empregos, principais mercadorias exportadas e importadas, linhas comerciais com outros países, intervenientes e parceiros da área portuária e muito mais.

Em entrevista ao jornal A Tribuna, o vice-presidente do Sopesp, João Batista Almeida Neto, destacou que: “A ideia é abrir as portas, ter os associados mais perto. A fase de luta laboral existe, mas ela está em menor escala. Hoje, uma das nossas bandeiras é desenvolver o negócio para o operador portuário. É a gente procurar caminhos de busca de eficiência, redução de custos, conseguir novos negócios. Não só em Santos, mas em toda a abrangência do sindicato”.

O anuário está disponível em versão digital em: sopesp.com.br/anuario.

Confira a entrevista completa dos diretores do SOPESP clicando aqui.