Login
Associe-se
NOTÍCIAS

APS realiza campanha de diagnóstico populacional de pombos domésticos no Porto de Santos

Fonte: Autoridade Portuária de Santos (07 de dezembro de 2023)

Esse trabalho permitirá identificar as principais áreas utilizadas pelas aves, bem como estimar o quantitativo de pombos na área portuária

A Autoridade Portuária de Santos (APS) contratou a empresa Raiz Ambiental para realizar o diagnóstico populacional de pombos domésticos (Columba livia) no Porto Organizado de Santos. As campanhas de medição (diagnóstico) serão realizadas a cada seis meses durante os 5 anos de vigência do contrato, totalizando 10 medições ao longo desse período.

A primeira campanha foi iniciada ontem (05) e se prolongará por aproximadamente duas semanas. Para a coleta de dados em campo, serão utilizados equipamentos específicos, como câmeras fotográficas, binóculos, drones, dispositivos de geolocalização, entre outros. A equipe técnica de campo será integrada por um Especialista em Estudo Ambiental, um Auxiliar de Campo e um Operador de drone. Para a realização do diagnóstico, a área do Porto Organizado será dividida em quadrantes, abrangendo áreas públicas e arrendadas. Assim, caso seja necessário, será realizada a medição na área arrendada de algum terminal específico.

O objetivo desse diagnóstico é identificar as principais áreas utilizadas pelas aves para pouso, nidificação e alimentação, bem como os principais focos atrativos dos pombos. Além disso, visa estimar o quantitativo de pombos domésticos que habitam ou frequentam o Porto e sugerir ações adicionais de controle dessas aves.

Cabe destacar, que os pombos domésticos são hospedeiros de diversos patógenos que podem acometer a saúde dos seres humanos, ocasionando inúmeras doenças. Além disso, os dejetos dessas aves podem entupir calhas, danificar instalações e contaminar mercadorias movimentadas no Porto.

Esse trabalho será de suma importância para identificar as regiões com maior densidade de pombos e avaliar as fragilidades relacionadas à operação portuária, como derrame de grãos e locais com deficiência de medidas preventivas. Assim, espera-se que os resultados desse monitoramento permitam a adoção de estratégias de controle mais eficazes para prevenir a proliferação dessas aves.