SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Premiê da Nova Zelândia propõe semana com 4 dias de trabalho para recuperar a economia

Premiê da Nova Zelândia propõe semana com 4 dias de trabalho para recuperar a economia


Fonte: Época Negócios (21 de maio de 2020 )
Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia (Foto: Pool/Equipe via Getty Images )

Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia, sugeriu que os empregadores considerem uma semana de trabalho de quatro dias e outras opções flexíveis como uma maneira de retomar as atividades no país.

 

Em um vídeo ao vivo no Facebook, Jacinda disse que a medidas ajudariam a Nova Zelândia a incentivar o turismo interno enquanto as fronteiras estão fechadas e retomar a economia já que muitos neozelandeses disseram que viajariam mais pelo país se trabalhassem menos.

 

“Eu ouço muitas pessoas sugerindo que deveríamos ter uma semana de trabalho de quatro dias. Isso atualmente acontece entre empregadores e funcionários. Mas, como eu disse, aprendemos muito sobre a covid-19 e a flexibilidade do trabalho em casa”, disse Jacinda.

 

Segundo a primeira-ministra, a flexibilidade no trabalho ajudaria o turismo local. “Eu realmente incentivaria as pessoas a pensarem nisso. Se você é um empregador e pode oferecer flexibilidade, pense se isso é algo que funcionaria no seu local de trabalho, pois certamente ajudaria o turismo em todo o país”.

 

Ouça o nosso podcast sobre como o setor de turismo e hotelaria está enfrentando a crise:


Mais lidas


View this post on Instagram #SPAnaPrevençãoAoCoronavírus A SPA recebeu hoje (28/04) 8 mil litros de álcool em gel, doados pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) e pela Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea) para auxiliar o Porto de Santos no combate à pandemia pelo novo coronavírus. A ação contou com intermediação do […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais

No dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, a Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) publicou, em seu portal da Organização das Nações Unidas (ONU) na internet, recomendação na qual legitimou ao Brasil incorporar 170.000 km2 de área de Plataforma Continental, além da Zona Econômica Exclusiva.   O processo de estabelecimento do limite exterior […]

Leia Mais