SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Mercado   /   ANTAQ apresenta Relatório de Gestão de 2019

ANTAQ apresenta Relatório de Gestão de 2019


Fonte: ANTAQ (14 de fevereiro de 2020 )

O Relatório de Gestão da Agência Nacional de Transportes Aquaviários – ANTAQ com as realizações da Autarquia em 2019 já está disponível no site da Agência na internet (portal.antaq.gov.br).

 

O documento de 96 páginas apresenta o trabalho realizado pelo corpo técnico e administrativo da Agência, que é integrada por uma estrutura formada por 14 unidades regionais, além da sede da Autarquia, localizada em Brasília, e 14 postos avançados espalhados em diversos portos nas cinco regiões do país.

 

A ANTAQ regula e fiscaliza 34 portos organizados, 147 terminais de uso privado, 32 instalações de transbordo de cargas, duas instalações portuárias de turismo e a prestação dos serviços de transporte nas navegações de longo curso, cabotagem, apoio marítimo, apoio portuário e interior.

 

As informações do Relatório são tratadas em seis temas: visão geral organizacional e ambiente externo; governança, estratégia e alocação de recursos; riscos, oportunidades e perspectivas; resultados e desempenho da gestão; informações orçamentárias, financeiras e contábeis; e outras informações relevantes.

 

Entre os destaques apresentados no Relatório estão os leilões de áreas e infraestruturas portuárias, destinados a dotar o país de um maior nível de eficiência logística. Em 2019, a Agência realizou leilões na B3 (Brasil, Bolsa e Balcão) que contemplaram a licitação de 13 arrendamentos em diversos portos do Brasil, totalizando R$ 1,140 bilhão em investimentos previstos.

 

O Relatório também informa que o período foi marcado por uma regulação mais pontual e eficiente do setor, com a atualização e redução do acervo do arcabouço normativo, e uma fiscalização dotada de processos mais inteligentes, que permitiu atender satisfatoriamente às demandas do transporte aquaviário.

 

Entre os principais regramentos e soluções regulatórias tratadas pela ANTAQ em 2019 estão a cobrança pelo chamado “Serviço de Segregação e Entrega de Contêineres – SSE”, a prestação de serviços de inspeção não-invasiva de contêineres, o desenvolvimento da navegação de Cabotagem no Brasil e a padronização de rubricas das tarifas portuárias e dos serviços prestados pelos terminais que movimentam carga geral.

 

Clique aqui para acessar o Relatório de Gestão da ANTAQ 2019.


Mais lidas


A Santos Port Authority (SPA) elaborou uma campanha para esclarecer e difundir os principais cuidados para se proteger do novo coronavírus (2019 nCoV). Não há casos suspeitos no Porto de Santos, mas a SPA está adotando as ações preventivas necessárias em apoio à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).  

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais

No dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, a Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) publicou, em seu portal da Organização das Nações Unidas (ONU) na internet, recomendação na qual legitimou ao Brasil incorporar 170.000 km2 de área de Plataforma Continental, além da Zona Econômica Exclusiva.   O processo de estabelecimento do limite exterior […]

Leia Mais