SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Audiência pública vai discutir o PDZ do Porto de Santos

Audiência pública vai discutir o PDZ do Porto de Santos


Fonte: Portos e Navios (11 de fevereiro de 2020 )

 

Uma Audiência Pública marcada para o próximo dia 18 na Câmara Municipal de Santos irá reunir as principais lideranças sindicais do Porto de Santos para debater os pontos mais preocupantes do Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) apresentado pela CODESP e a falta de diálogo com a sociedade em sua elaboração.

 

Para o vereador e presidente do Settaport Francisco Nogueira, que convocou a audiência, a questão principal preocupante do PDZ é a destinação de espaços do porto vizinhos aos bairros de Outeirinhos, Macuco e Ponta da Praia para o embarque e manipulação de cargas em granel, principalmente fertilizantes, com a consequente eliminação ou transferência da área destinada a contêineres para o Saboo, no fundo do canal.

 

Para o vereador e presidente do Settaport, além da questão dos postos de trabalho, a manipulação de cargas a granel e, principalmente de fertilizantes em área densamente povoadas atenta contra o meio ambiente e agrava a condição dos moradores.

 

Francisco Nogueira lembra que há ainda outros pontos que precisam ser discutidos. “A destinação dos armazéns do Valongo, a ampliação da rede ferroviária e a questão do patrimônio histórico e arquitetônico”.


Mais lidas


A Santos Port Authority (SPA) elaborou uma campanha para esclarecer e difundir os principais cuidados para se proteger do novo coronavírus (2019 nCoV). Não há casos suspeitos no Porto de Santos, mas a SPA está adotando as ações preventivas necessárias em apoio à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).  

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais

No dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, a Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) publicou, em seu portal da Organização das Nações Unidas (ONU) na internet, recomendação na qual legitimou ao Brasil incorporar 170.000 km2 de área de Plataforma Continental, além da Zona Econômica Exclusiva.   O processo de estabelecimento do limite exterior […]

Leia Mais