SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Anvisa descarta contaminação por coronavírus em navio atracado em Santos

Anvisa descarta contaminação por coronavírus em navio atracado em Santos


Fonte: G1 (27 de janeiro de 2020 )
Operadores responsáveis pelo terminal estavam usando máscaras e luvas, o que reforçou a suspeita de estivadores do Porto de Santos, SP — Foto: Divulgação/Sindestiva

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) descartou qualquer possibilidade de contaminação por coronavírus em um navio atracado no Porto de Santos, no litoral de São Paulo. A suspeita foi levantada por estivadores, que disseram ter visto que a tripulação não estava saudável. A embarcação, de bandeira liberiana, também passou pela África do Sul e aguarda embarque de soja a granel. O órgão informou que não há tripulantes doentes.

 

Segundo informações do Sindicato dos Estivadores de Santos (Sidestiva), o navio KM Singapore atracou na noite de sábado (25) e os estivadores levantaram a suspeita de que os tripulantes estariam contaminados pelo coronavírus já que viram a tripulação com tosse, espirros e os operadores responsáveis pelo Terminal Exportador do Guarujá (TEG) subirem no navio com luvas e máscaras.

 

A Anvisa informou por meio de nota na tarde deste domingo (26) que não há quaisquer elementos que justifiquem preocupações em relação a esta embarcação, atracada Porto de Santos, no que se refere ao coronavírus. O órgão ainda que o navio é procedente da China, e que fez suas últimas escalas em portos da África do Sul, Índia e Singapura.

 

Já a Santos Port Authority (SPA), que administra o Porto de Santos, informou que a Guarda Portuária foi acionada por um trabalhador portuário autônomo sobre a situação do navio e que imediatamente acionou o setor de Saúde da Gerência de Segurança do Trabalho da SPA. Ainda não há relatos de quantos dias a embarcação vai permanecer no Porto de Santos.

 

A Prefeitura de Santos, por meio de nota, informa que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) comunicou o caso à Vigilância em Saúde do Município e descartou qualquer possibilidade de contaminação por coronavírus no navio, que está atracado em Guarujá. O órgão federal em Santos deve ser procurado para as informações necessárias.

 

Confira a nota na íntegra da Santos Port Authority (SPA)
A Santos Port Authority (SPA) recebeu informações, na manhã deste domingo (26), de que a tripulação do navio KM Singapore, atracado na margem esquerda do Porto de Santos, estava usando máscaras e luvas. Isto que gerou preocupação por parte dos trabalhadores portuários avulsos, tendo em vista aos novos casos de Coronavírus ocorridos na China e em outros países.

A SPA já repassou essas informações à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que é a Autoridade Sanitária responsável pelo monitoramento das embarcações que operam no Porto de Santos, para que sejam verificadas as ações preventivas que devem ser adotadas, caso seja necessário. Em resposta, a Anvisa disse estar ciente e acompanhando a situação de perto.

 

Confira a nota na íntegra da Anvisa
Em atenção às especulações que se avolumam sobre o navio KM Singapore, sobretudo por meio das mídias sociais, o Posto Portuário da Anvisa em Santos-SP (PVAPAF-SANTOS) vem a público informar que não há quaisquer elementos que justifiquem preocupações em relação a esta embarcação ora atracado Porto de Santos no que se refere ao coronavírus .

O navio não é procedente da China, fez suas últimas escalas em portos da África do Sul, Índia e Singapura. Não há qualquer tripulante doente, conforme atestou a fiscalização da Anvisa, que esteve a bordo e o próprio comandante da embarcação. O relatado uso de máscaras e luvas pelos tripulantes chineses deve-se às condições de trabalho exigidas, haja vista tratar-se de navio transportador de grãos.

 

Confira a nota na íntegra da Prefeitura de Santos
A Prefeitura de Santos informa que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) comunicou o caso à Vigilância em Saúde do Município e descartou qualquer possibilidade de contaminação por coronavírus no navio, que está atracado em Guarujá. O órgão federal em Santos deve ser procurado para as informações necessárias.

A Secretaria Municipal de Saúde de Santos mantém protocolo de cooperação com as autoridades portuárias e sanitárias para monitoramento e atuação em qualquer situação que envolva risco à saúde pública.


Mais lidas


A Santos Port Authority (SPA) elaborou uma campanha para esclarecer e difundir os principais cuidados para se proteger do novo coronavírus (2019 nCoV). Não há casos suspeitos no Porto de Santos, mas a SPA está adotando as ações preventivas necessárias em apoio à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).  

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais

No dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, a Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) publicou, em seu portal da Organização das Nações Unidas (ONU) na internet, recomendação na qual legitimou ao Brasil incorporar 170.000 km2 de área de Plataforma Continental, além da Zona Econômica Exclusiva.   O processo de estabelecimento do limite exterior […]

Leia Mais