SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Ecovias e Prefeitura debatem soluções para problemas no Sistema Anchieta/Imigrantes

Ecovias e Prefeitura debatem soluções para problemas no Sistema Anchieta/Imigrantes


Fonte: Diário do Litoral (16 de janeiro de 2020 )
Na oportunidade, foram apresentadas reivindicações da Prefeitura relacionadas principalmente ao Jardim Casqueiro – Foto: Divulgação/PMC

 

Mobilidade, acessibilidade e segurança no sistema Anchieta/Imigrantes, tanto nas faixas de domínio da Ecovias, como naquelas sob jurisdição do município, foram os temas principais da reunião realizada na manhã desta quarta-feira (15) na Prefeitura, entre o prefeito Ademário Oliveira e o novo diretor-superintendente da Ecovias, Ronald Denis Morangon. Participaram, ainda, do encontro, os secretários municiais Benaldo Melo de Souza (Obras) e César da Silva Nascimento (Governo), além de técnicos da concessionária e da administração municipal.

 

Na oportunidade, foram apresentadas reivindicações da Prefeitura relacionadas principalmente ao Jardim Casqueiro, as quais, segundo a administração municipal, são importantes para implementação do projeto Novo Casqueiro, por meio do qual se pretende revitalizar a infraestrutura do bairro.

 

Entre essas reivindicações consta a construção da Praça da Cidadania, com 6 mil metros quadrados; a ciclovia unindo o bairro à Vila São José, na área central; a ciclovia na área interna do Jardim Casqueiro e a dragagem de canais às margens das rodovias.

 

Esses projetos, segundo o secretário municipal de obras, Benaldo Melo, já vinham sendo debatidos pela Prefeitura e a diretoria anterior da Ecovias, sendo as discussões retomadas agora com o Ronald Denis Morangon, que está assumindo a direção da concessionária.

 

“A dragagem dos canais localizados entre as faixas de domínio da Ecovias é importante para evitar enchentes, tanto nas estradas, como nos bairros próximos”, explicou Benaldo.

 

Morangon, por sua vez, esclareceu que, nesta primeira reunião com o prefeito, a preocupação foi tomar conhecimento dos projetos pré-existentes e os novos pleitos do governo municipal. “Agora, cada um deles será analisado de maneira mais detalhada nas reuniões entre nossa equipe técnica e a da Prefeitura”, explicou.


Mais lidas


  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais

No dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, a Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) publicou, em seu portal da Organização das Nações Unidas (ONU) na internet, recomendação na qual legitimou ao Brasil incorporar 170.000 km2 de área de Plataforma Continental, além da Zona Econômica Exclusiva.   O processo de estabelecimento do limite exterior […]

Leia Mais