SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Brasil inaugura base na Antártida com 17 laboratórios e heliporto

Brasil inaugura base na Antártida com 17 laboratórios e heliporto


Fonte: Money Times (16 de janeiro de 2020 )
Nova instalação de 4.500 metros quadrados é maior e mais segura que a anterior (Imagem: Facebook/Marinha do Brasil)

 

O vice-presidente Hamilton Mourão inaugurou na quarta-feira uma nova base brasileira na Antártida, construída pela companhia China National Import & Export Corp (Ceiec) para substituir uma estação de pesquisa que foi destruída por um incêndio há quase 7 anos.

 

“O Brasil está de volta na Antártida com grande força”, tuitou o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, em uma mensagem a partir da base Comandante Ferraz, na ilha de Rei Jorge, na Antártida.

 

Pontes, único astronauta brasileiro, disse que a nova instalação de 4.500 metros quadrados é maior e mais segura que a anterior, com 17 laboratórios, um heliporto e outros avanços. Cientistas vão usar a base para estudar microbiologia, geleiras e o clima, entre outras áreas.

 

O programa brasileiro na Antártida teve início em 1982, quando a Marinha adquiriu um quebra-gelo dinamarquês e fez sua primeira expedição, apressando-se para fazer parte do Tratado da Antártida, que decidiria o futuro do continente.

 

No entanto, o programa sofreu um contratempo em 2012 quando uma explosão na casa de máquinas provocou um incêndio que matou duas autoridades navais e destruiu 70% da instalação.

 

Com sede em Pequim, a estatal Ceiec foi escolhida em 2015 para construir a nova estação, que poderá abrigar 65 pessoas.


Mais lidas


  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais

No dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, a Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) publicou, em seu portal da Organização das Nações Unidas (ONU) na internet, recomendação na qual legitimou ao Brasil incorporar 170.000 km2 de área de Plataforma Continental, além da Zona Econômica Exclusiva.   O processo de estabelecimento do limite exterior […]

Leia Mais