SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Com projeto de inovação, Porto de Santos agilizará entrada e saída de cargas

Com projeto de inovação, Porto de Santos agilizará entrada e saída de cargas


Fonte: Gazeta de Votorantim (15 de janeiro de 2020 )

O maior porto da América Latina não para de inovar. O Porto de Santos, no litoral de São Paulo, será o primeiro no Brasil a implantar o sistema tecnológico de integração de dados do comércio marítimo chamado Port Community Systems (PCS). O projeto, que também está sendo implantado em portos da Índia, da Argentina e do Chile, é capaz de integrar sistemas e informações já existentes, acelerando processos. Com isso, o complexo portuário visa garantir a liberação de cargas de importação em dois dias e agilizar exportações em apenas um dia.

 

Com a integração de sistemas, serão eliminados retrabalho e duplicação de formulários, o que além de tempo reduzirá o custo de das exportações e importações. De acordo com a Santos Port Authority, antiga Codesp, a base de dados será desenvolvida com uma programação moderna e integrável por webservices, com os sistemas das demais autoridades e desenvolvimento de uma Application Programming Interface para integrar com sistemas dos clientes, o que facilitará também o comércio exterior para pequenas e médias empresas, aumentando ainda mais o espectro de benefícios dessa implementação que também deve favorecer a criação de novas vagas de emprego na região.

 

Financiado pelo Prosperity Fund, um fundo de cooperação do Governo do Reino Unido para países em desenvolvimento, o projeto tem um aporte de 17 milhões de libras, o equivalente a quase R$ 100 milhões. A implementação desse projeto será liderada pela consultoria Palladium UK, e com participação da Aliança Procomex, EY Brasil e da Universidade de São Paulo (USP). Segundo os líderes do projeto, o desenvolvimento da tecnologia representa 20% do processo. Os outros 80% serão utilizados para a definição de problemas e mapeamento dos procedimentos já utilizados.

 

Como maior e mais importante porto do país, Santos é sempre protagonista nas inovações, porém a modernização não para por aí. A Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, ligada ao Ministério da Infraestrutura, está dando suporte ao projeto e planeja implementá-lo também nos portos do Rio de Janeiro (RJ), Suape (PE) e Paranaguá (PR).

 

“A tecnologia e modernização é vista em todos os setores, nos portos não poderia ser diferente. Com mais agilidade e redução de custos, exportadores, importadores, integradores, todas as empresas serão beneficiadas. Começar o projeto por Santos é uma ideia corajosa e que levará o nosso país a outro patamar no comércio exterior” explica a Asia Shipping , maior integradora logística da América Latina.


Mais lidas


  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais

No dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, a Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) publicou, em seu portal da Organização das Nações Unidas (ONU) na internet, recomendação na qual legitimou ao Brasil incorporar 170.000 km2 de área de Plataforma Continental, além da Zona Econômica Exclusiva.   O processo de estabelecimento do limite exterior […]

Leia Mais