SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Porto de Xangai é o mais bem conectado do mundo em 2019, diz UNCTAD 

Porto de Xangai é o mais bem conectado do mundo em 2019, diz UNCTAD 


Fonte: Portos e Navios (13 de agosto de 2019 )

O porto de Shanghai, na China, é o mais bem conectado do mundo em 2019, mostrou ranking da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).

 

O terminal chinês ganhou uma pontuação da conectividade de 134 pontos, seguido pelos de Cingapura (124,63 pontos), Busan (114,45 pontos), na Coreia do Sul e Ningbo (114,35 pontos), também na China.

 

“O desempenho de um porto de contêineres é um fator crítico que pode determinar os custos de transporte e, por extensão, a competitividade comercial”, disse a diretora de tecnologia e logística da UNCTAD, Shamika N. Sirimanne, em comunicado na quarta-feira.

 

Portos de contêineres eficientes e bem conectados, possibilitados por serviços de transporte marítimo frequentes e diretos, são vitais para minimizar os custos comerciais e fomentar o desenvolvimento sustentável, informou ela.

 

Além dos asiáticos, outros portos da lista são os de Antuérpia (94 pontos), na Bélgica, e Roterdã (93 pontos), na Holanda.

 

Os investimentos por companhias marítimas podem atrair serviços adicionais, e o Pireus (Grécia), operado pela chinesa COSCO, por exemplo, tornou-se o porto mais bem conectado no Mediterrâneo em 2019, assinalou o documento.

 

Nenhum dos portos nos primeiros 20 da lista é da África, América Latina, América do Norte ou Austrália.

 

Segundo o comunicado, na África, tanto a geografia quanto as reformas portuárias emergiram como fatores críticos. Os países mais bem conectados na África são aqueles em suas extremidades – Marrocos (noroeste), Egito (nordeste) e a África do Sul (sul).

 

O índice, que mede a conectividade de transporte marítimo, escalas em portos e prazo de entrega nos portos de contêineres do mundo, é estabelecido em 100 para o porto mais bem conectado em 2006, que foi Hong Kong, na China.

 

O conjunto de dados do Índice de Conectividade de Transporte Marítimo de portos da UNCTAD permite que empresas e governos determinem tendências de transporte marítimo e as posições de seus portos comparados com outros. Atualmente, fornece dados em mais de 900 portos.

 

Esses mais recentes conjuntos de dados complementam outras estatísticas e indicadores marítimos fornecidos pela UNCTAD para medir a realização das Metas de Desenvolvimento Sustentável.


Mais lidas


No dia 11 de junho, Data Magna da Marinha, a Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC) publicou, em seu portal da Organização das Nações Unidas (ONU) na internet, recomendação na qual legitimou ao Brasil incorporar 170.000 km2 de área de Plataforma Continental, além da Zona Econômica Exclusiva.   O processo de estabelecimento do limite exterior […]

Leia Mais