SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Dragagem   /   Porto de Vitória recebe navios maiores após ampliação do calado

Porto de Vitória recebe navios maiores após ampliação do calado


Fonte: G1 (3 de janeiro de 2019 )

Após 20 anos de espera, promessas e atrasos, a novela da dragagem do Porto de Vitória finalmente chegou ao fim. Depois de um ano após finalizadas as obras, o acesso de navios com maior capacidade de carga foi publicada, no dia 27 de dezembro. Nesta quarta-feira, (2), o diretor de operações do Porto de Vitória Guilherme Magalhães falou sobre a dragagem, em entrevista ao Bom Dia ES.

 

Segundo a Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), as novas profundidades começaram a valer também no dia 27. Algumas exigências foram cumpridas nas primeiras 10 manobras, que tiveram que ser assistidas, com participação de dois práticos.

 

De acordo com a autoridade portuária, agora serão realizadas mudanças de sinalização, que também foram autorizadas pela Marinha. Algumas boias tiveram a localização alterada, mas isso não impede a entrada de navios com maior capacidade de carga.

 

Os navios com maior calado já começaram a atracar no porto. Segundo a codesa, no berço 102 do cais comercial de Vitória, já operava ontem o navio Ikebana, de Singapura, que possui 198 metros de comprimento e 8,8 metros de calado.

 

Esse berço, antes da dragagem, recebia navios de até 7,8 metros de calado. Agora, ele pode receber embarcações com até 9,20 metros de calado, informa a estatal.

 

A expectativa é de que o canal de acesso ao Porto de Vitória tenha nova profundidade de 14 metros, conforme divulgado pela Codesa ao final das obras em 2017.

 

Anteriormente, a profundidade do canal era de 11,7 m, sendo que ele poderia receber navios com calado até 10,67 m (agora deve chegar a 12,5m).


Mais lidas


  A reunião contou com a participação de representantes da ACS (Associação Comercial de Santos), CAP (Conselho de Autoridade Portuária), FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), CONSAD (Conselho de Administração da CODESP), ABTTC (Associação Brasileira dos Terminais Retroportuários e das Transportadoras de Contêineres), SINDSAN (Sindicato das Empresas de Transporte Comercial de Carga do Litoral […]

Leia Mais